O que está matando seu desejo sexual? Veja 11 redutores de libido comuns

Foto: Reprodução / Tony Bowler

Todo relacionamento estável passa, de tempos em tempos, por altos e baixos no desejo sexual que, ao contrário do que muita gente imagina, nem sempre está relacionado a falta de amor ou mesmo infidelidade. Conheça os redutores de libidos mais comuns para identificar as causas e os melhores tratamentos para trazer a paixão de volta à relação:

Causas comuns da falta de desejo sexual

1. A falta de intimidade genuína com o parceiro pode acabar matando o desejo sexual. Se não há espeço ou mesmo se, por vergonha, o casal pula todas as carícias, preliminares e fantasias e parte direto para a transa em si, pode transformar a transa em algo mecânico e desinteressante.

2. Estresse no trabalho ou no cotidiano agitado também é motivo comum pela baixa libido, já que a condição afeta mente e corpo, diminuindo o desejo e a disposição para o sexo.

3. Negligenciar o corpo, comendo mal e deixando de praticar exercícios, pode acabar levando à falta de desejo sexual. E não apenas por questões estéticas, mas sim um cuidado pessoal que garante autoestima e, consequentemente, mais prazer na vida.

4. A chegada do filho no casamento também altera a rotina sexual e, passar a viver somente para as crianças, ignorando o parceiro e a importância de intimidade, pode afetar a libido no relacionamento.

 5. Condições físicas e biológicas podem influenciar a libido. Doenças cardíacas e baixos níveis de testosterona, por exemplo, são fatores que precisam ser acompanhados por médicos para evitar que a falta de desejo comprometa a relação.

6. O uso de determinados medicamentos, como antidepressivos, por exemplo, também afeta a libido e consultar o médico para conhecer possíveis substituições é essencial para melhorar a vida sexual.

7. Consumo abusivo de álcool e drogas são outros fatores que levam à baixa libido e compromete, claro, toda a saúde.

8. É possível ainda que a baixa libido seja reflexo de falta de interesse no relacionamento amoroso. Se os parceiros sentem que não possuem mais paixão um pelo outro ou se mostram insatisfeitos com a vida a dois podem não mais querer investir em intimidades.

9. Até mesmo o consumo excessivo de pornografia pode fazer com que um dos parceiros perca a vontade de transar. O acesso frequente e a conteúdos eróticos pode fazer com que a satisfação através da masturbação minimize as relações sexuais completas.

10. Insônia ou distúrbios de sono também podem atrapalhar a vida sexual. Quando você dorme mal ou pouco, sofre com diversas alterações hormonais e emocionais que afetam todo o organismo, incluindo a libido.

11. No caso das mulheres, a baixa libido pode aparecer durante a menopausa. A falta de desejo é comum, principalmente pelas alterações hormonais ocorridas no período. O uso de medicamentos pode contribuir para a regularização e, consequentemente, para uma vida sexual plena.

Fonte: Vix

Confira matérias relacionadas: