“Não sinta culpa”, Paola Carosella faz texto incrível sobre maternidade

A chef quer desmitificar a ideia de que ser mãe é fácil e leve
Foto: Reprodução / Paola Carosella e a filha Francesca

A jurada do Masterchef Paola Carosella, mãe da  Francesca, aproveitou o Dia das Mães para compartilhar um post emocionante no Instagram. No texto, ela sobre a idealização da maternidade. “Ser mãe me faz feliz, mas nem sempre é fácil. Ser mãe é intenso e complexo e muitas vezes doe e muitas vezes não é leve”, escreve.

A chef também falou algo que tem tudo a ver com a nossa bandeira Culpa Não. “Minha mãe me ensinou algo sem querer, me ensinou que uma mãe carregada de culpa por não ser uma mãe perfeita enche de culpa e peso aos filhos por não serem perfeitos.”

Leia o texto na íntegra, que já tem mais de 84  mil curtidas.

“Ser feliz é muito relativo. Nem sempre possível. A felicidade que se vende em forma de família margarina correndo de mãos dadas no parque todos sorridentes com os perfeitos dentes brancos não parece ser a realidade de muitos de nós. Minha felicidade está em fazer o melhor possível, em tentar desfrutar ao máximo tudo o que eu faço em sugar a vida até a ultima gota. Nem sempre isso quer dizer correr no parque de mãos dadas com a minha família perfeita. Ser mãe me faz feliz, mas nem sempre é fácil. Ser mãe é intenso e complexo e muitas vezes doe e muitas vezes não é leve. Acabei de ler uma mensagem de uma grande amiga que fala que gosta do meu jeito não mistificado de ser mãe, não sei muito bem o que isso quer dizer mas gostei . Minha mãe me ensinou algo sem querer, me ensinou que uma mãe carregada de culpa por não ser uma mãe perfeita enche de culpa e peso aos filhos por não serem perfeitos. Eu gosto de ser mãe. E como tal sou absolutamente imperfeita. Mas me perdoou e celebro que consigo fazer o melhor possível. O melhor possível. Abraçar a imperfeição e me permitir errar e pedir desculpas me permitir falar que não sei o que fazer, me permitir tempo para mim sem culpa me permitir curtir intensamente os meus outros lados alem da Paola mãe… isso é o que eu posso , o melhor que eu posso. E o que eu quero deixar de ensinamento se é que temos que deixar algo, para minha filha . Seja livre e não sinta culpa . Faça o melhor que puder, intensamente e se permita e perdoe errar. Feliz dia a todas as mães que fazem o melhor possível.”

Fonte: Pais e Filhos

Confira matérias relacionadas: