De boia-fria à empresária: a história da criadora do maior e-commerce de semijoias do país

Foto: Reprodução

Empreender é, além de um caminho de independência financeira, uma forma de criar novos rumos profissionais e de transformar o entorno. O levantamento mundial Global Entrepreneurship Monitor 2017, realizado no Brasil em parceria com o Sebrae, mostra o crescimento do empreendedorismo feminino no país.

Dados do levantamento mostram que mais da metade dos negócios abertos no Brasil no ano de 2016 são de liderança feminina. Ao todo, são mais de 5,6 milhões de mulheres empreendedoras no país, sendo que 68% delas trabalham em casa e em sua maioria, são mais jovens do que os homens.

A empresária mineira Sabrina Nunes hoje faz parte destas estatísticas. Com uma história de superação e empoderamento, a fundadora do maior e-commerce de semijoias do país – a Francisca Jóias – saiu das plantações de cana do interior do Brasil para os primeiros milhões.

Das lavouras de cana às primeiras vendas

Natural de Itinga, região norte do estado de Minas Gerais, Sabrina começou vendendo picolés na zona rural. Porém, sem vislumbrar grandes possibilidades profissionais em sua cidade, a jovem decidiu trabalhar no Mato Grosso do Sul, como cortadora de cana. Estudante universitária, Sabrina acabou conseguindo uma vaga como secretária na agência que recrutava os trabalhadores da lavoura de cana.

Anos depois, já formada, a então secretária obteve uma bolsa de estudos em engenharia no Rio de Janeiro, e decidiu tentar a sorte na capital carioca. Empregada em um escritório, Sabrina precisava complementar a renda e investiu alguns poucos reais em matéria-prima para a confecção de bijuterias. Foi aí que as coisas começaram a mudar.

As peças foram colocadas à venda em uma plataforma de lojas de itens artesanais online, e o lucro foi muito maior do que o esperado. Algum tempo depois, um e-commerce exclusivo para as peças de Sabrina foi criado com o nome Francisca Jóias, em referência à avó da empresária.

Desde então, a ex cortadora de cana trilhou o caminho para seus dias atuais. Hoje, a loja de Sabrina conta com mais de 600 revendedoras por todo o país, levando para estas pessoas a possibilidade de empoderamento profissional e independência que marcaram sua trajetória. Além da loja online, Sabrina também tem um blog, em que versa sobre empreendedorismo para mulheres.



Confira matérias relacionadas: