Controle a vontade de comer durante a menstruação

Foto: Reprodução

Sendo uma altura de desregulação hormonal, a menstruação caracteriza-se pela maior vontade de comer, e não pelo aumento de fome, como muitas mulheres pensam. Assim, ganhe consciência de que a maior necessidade de comer neste período do mês é psicológica e não fisiológica.

Para diminuir os acessos repentinos de vontade de comer:

Não fique mais de 3 horas sem comer

Quando expomos o organismo a períodos de jejum superiores a 3 horas, a fome fisiológica alia-se à vontade de comer, fazendo com que a ingestão alimentar seja bastante considerável, e, provavelmente, excedente relativamente às necessidades reais.

Não facilite e tenha sempre algo que comer consigo

Fruta, iogurtes, tostas integrais, gelatinas, cenoura, porções de queijo individuais, ou até sandes, são opções seguras que pode preparar em casa e levar para onde quer que vá. As pastelarias e as máquinas de vendingconstituem grandes tentações, principalmente nesta altura do mês, pelo que se torna fundamental ter sempre o que comer, para não ter a desculpa de que tem fome e se esqueceu do lanche.

Opte por alimentos sólidos e ricos em fibra

Estes são os que mais saciam, afastando da mente a vontade de comer. Privilegie o consumo de iogurtes sólidos, e junte-lhes sementes alimentares, frutos secos, fruta, ou até muesli ou aveia, tornando um snack leve num lanche saciante. Em casa, pode comer legumes, salada ou sopa, desde que sem batata, em qualquer altura do dia.

Use e abuse do chá quente

Desde que não abuse do açúcar nem do mel para o adoçar. Opte por utilizar Stevia ou outros adoçantes, de forma a não adicionar calorias a uma bebida que, quente, aumenta ainda mais a saciedade, relativamente às bebidas frias.

Inclua hidratos de carbono complexos na sua alimentação

O período menstrual é uma má altura para cumprir regimes alimentares isentos em hidratos de carbono. Assim, inclua arroz ou massa, preferencialmente nas qualidades basmati ou integral, ao almoço e, se sentir necessidade, ao jantar. Estes produtos promovem, não só, a saciedade, como a manutenção de níveis de ansiedade mais controlados.

Não esqueça a proteína ao pequeno-almoço

Para além do poder saciante da proteína, um estudo da Universidade do Missouri sugere que tomar um pequeno-almoço rico em proteína reduz a probabilidade do aparecimento de vontade de comer como recompensa. Aliada a hidratos de carbono complexos e fibra, ajuda a manter a saciedade.

Hidrate-se

No período menstrual, a hidratação ganha dupla importância: para além de haver perda de líquidos exacerbada, havendo maior necessidade de reposição, a sede aparece, muitas das vezes, associada a sinais de fome, pelo que é fundamental manter os níveis de hidratação do organismo estáveis, de forma a evitar o aparecimento de sede mascarada de fome.

Relaxe

Dedique tempo a si própria e introduza momentos de relaxamento no seu dia, seja através da meditação, de exercícios de ioga ou da prática de actividade física, seja através da leitura, música, um banho quente ou tratando da sua beleza. Sendo a vontade de comer uma condição psicológica, o relaxamento permite controlá-la de forma eficaz.

Inclua um “mimo alimentar” no seu dia

Se o corpo lhe pede insistentemente chocolate nesta altura do mês, permita-se ingerir um ou dois quadrados de chocolate preto (com 70% de cacau ou mais) nesta altura. Opte por ingerir gelatinas e pastilhas sem açúcar, e adicione pouco mel a iogurtes, por exemplo. Se gostar de canela, use e abuse dela, beneficiando do seu poder antioxidante e redutor do índice glicémico dos alimentos.

Fonte: Boa Saúde

Confira matérias relacionadas: