14 filmes na Netflix para quem sabe que comédias românticas são as melhores

Sabe aquele filme que assistimos, 1, 2, 3 ou quantas vezes forem e não nos cansamos, pois são filmes que sempre dá vontade de assistir de novo. Mesmo que passem os anos, eles fazem agrado aos nossos olhos, com cenas românticas e bem feitas. Confira uma lista com 14 filmes das melhores comédias românticas dos últimos tempos, disponíveis no Netflix.

1. “Como perder um homem em dez dias”

O Matthew McConaughey pode até estar mais focado em filmes que ganham o Oscar hoje em dia, mas ninguém aqui esqueceu que ele era galã de comédia romântica no começo dos anos 2000. Temos aqui um filme maravilhoso em que ele faz dupla com a Kate Hudson, uma das musas de comédias românticas.
Foto: Divulgação

O Matthew McConaughey pode até estar mais focado em filmes que ganham o Oscar hoje em dia, mas ninguém aqui esqueceu que ele era galã de comédia romântica no começo dos anos 2000. Temos aqui um filme maravilhoso em que ele faz dupla com a Kate Hudson, uma das musas de comédias românticas.

2. “Plano B”

A J.Lo tem comédias românticas muito superiores, mas infelizmente elas não estão na Netflix. De qualquer forma esse é ótimo pelo plot tão forçado que é maravilhoso: ela resolve ter um filho de produção independente, daí é óbvio que no mesmo dia em que ela faz a inseminação ela encontra um boy gato.
Foto: Divulgação

A J.Lo tem comédias românticas muito superiores, mas infelizmente elas não estão na Netflix. De qualquer forma esse é ótimo pelo plot tão forçado que é maravilhoso: ela resolve ter um filho de produção independente, daí é óbvio que no mesmo dia em que ela faz a inseminação ela encontra um boy gato.

3. “Amor a toda prova”

Nem precisa falar do enredo porque você já deve ter visto 230 vezes, então vale apenas lembrar 1. da cena do Ryan Gosling sem camisa e 2. que esse é o primeiro filme dele fazendo par com a Emma Stone e eles são tipo alma gêmeas do cinema.
Foto: Divulgação

Nem precisa falar do enredo porque você já deve ter visto 230 vezes, então vale apenas lembrar 1. da cena do Ryan Gosling sem camisa e 2. que esse é o primeiro filme dele fazendo par com a Emma Stone e eles são tipo alma gêmeas do cinema.

4. “De repente é amor”

Ótimo filme para quando você acha que o timing nunca vai rolar com o/a crush, já que o Ashton Kutcher e a Amanda Peet demoram cerca de mil anos para finalmente se acertarem.
Foto: Divulgação

Ótimo filme para quando você acha que o timing nunca vai rolar com o/a crush, já que o Ashton Kutcher e a Amanda Peet demoram cerca de mil anos para finalmente se acertarem.

5. “De repente 30”

Jennifer Garner, volte a fazer comédias românticas, a gente te implora! Não tem nada melhor para uma sessãozinha da tarde do que um filme com uma garota de 13 anos percebendo que a vida dos sonhos pode se realizar e não ser tudo isso, com direito a descobrir a tempo que o amor da sua vida já está do seu lado desde sempre.
Foto: Divulgação

Jennifer Garner, volte a fazer comédias românticas, a gente te implora! Não tem nada melhor para uma sessãozinha da tarde do que um filme com uma garota de 13 anos percebendo que a vida dos sonhos pode se realizar e não ser tudo isso, com direito a descobrir a tempo que o amor da sua vida já está do seu lado desde sempre.

6. “O casamento do meu melhor amigo”

ESTE FILME TEM VINTE ANOS E CONTINUA SENDO UMA DAS MELHORES COMÉDIAS ROMÂNTICAS MESMO QUE – SPOILER, SE BEM QUE SPOILER DE FILME DE VINTE ANOS NÃO TEM COMO SER SPOILER - A DEUSA JULIA ROBETS FIQUE SEM O BOY NO FINAL.
Foto: Divulgação

ESTE FILME TEM VINTE ANOS E CONTINUA SENDO UMA DAS MELHORES COMÉDIAS ROMÂNTICAS MESMO QUE – SPOILER, SE BEM QUE SPOILER DE FILME DE VINTE ANOS NÃO TEM COMO SER SPOILER – A DEUSA JULIA ROBETS FIQUE SEM O BOY NO FINAL.

7. “10 coisas que eu odeio em você”

Para dar aquela choradinha novamente quando o Heath Ledger (saudades) canta 'Can't take my eyes off you' no estádio e para lembrar de quando você queria ser cool como a Kat e para falar palavra por palavra do poema que ela faz para ele no final.
Foto: Divulgação

Para dar aquela choradinha novamente quando o Heath Ledger (saudades) canta “Can’t take my eyes off you” no estádio e para lembrar de quando você queria ser cool como a Kat e para falar palavra por palavra do poema que ela faz para ele no final.

8. “Encantada”

A Amy Adams é perfeita em todos os gêneros de filmes, mas a verdade é que ela basicamente NASCEU para ser uma princesa da Disney e esse filme é incrível!
Foto: Divulgação

A Amy Adams é perfeita em todos os gêneros de filmes, mas a verdade é que ela basicamente NASCEU para ser uma princesa da Disney e esse filme é incrível!

9. “Amor à segunda vista”

Uma comédia romântica com uma cena em que a mocinha tem caganeira, para provar que comédia romântica não é tudo igual, ok? Volta Hugh Grant! Volta Sandra Bullock!
Foto: Divulgação

Uma comédia romântica com uma cena em que a mocinha tem caganeira, para provar que comédia romântica não é tudo igual, ok? Volta Hugh Grant! Volta Sandra Bullock!

10. “Casa comigo?”

Novamente Amy Adams, desta vez numa comédia romântica pouco conhecida e total forçação de barra. Mas comédia romântica também é isso aí: um enredo que quase não se sustenta, quando você vê o cara que não é o namorado você já sabe que eles vão ficar juntos, a mocinha sempre está meio impecável mesmo nas situações mais perrengue e isso tudo faz total sentido porque de imprevisível já basta a vida.
Foto: Divulgação

Novamente Amy Adams, desta vez numa comédia romântica pouco conhecida e total forçação de barra. Mas comédia romântica também é isso aí: um enredo que quase não se sustenta, quando você vê o cara que não é o namorado você já sabe que eles vão ficar juntos, a mocinha sempre está meio impecável mesmo nas situações mais perrengue e isso tudo faz total sentido porque de imprevisível já basta a vida.

11. “Harry & Sally – feitos um para o outro”

Quando você procura 'maravilhoso' no dicionário cai este filme. Meg Ryan, outra sumida que devia voltar para as comédias românticas.
Foto: Divulgação

Quando você procura “maravilhoso” no dicionário cai este filme. Meg Ryan, outra sumida que devia voltar para as comédias românticas.

12. “Sem reservas”

Mais um filme em que obviamente o mocinho e a mocinha não se dão e você sabe como vai terminar, só que este ainda tem umas comidas gostosas no meio. Fora que o boy é o Duas Caras!
Foto: Divulgação

Mais um filme em que obviamente o mocinho e a mocinha não se dão e você sabe como vai terminar, só que este ainda tem umas comidas gostosas no meio. Fora que o boy é o Duas Caras!

13. “Legalmente loira”

A verdade é que se você for pensar nem parece uma comédia romântica já que é um filme muito empoderado em que a Reese Witherspoon (de outras comédias românticas maravilhosas que não estão na Netflix, o que é revoltante) descobre ela mesma e todo seu potencial. Então é meio que uma comédia romântica em que o par é ela com ela mesma.
Foto: Divulgação

A verdade é que se você for pensar nem parece uma comédia romântica já que é um filme muito empoderado em que a Reese Witherspoon (de outras comédias românticas maravilhosas que não estão na Netflix, o que é revoltante) descobre ela mesma e todo seu potencial. Então é meio que uma comédia romântica em que o par é ela com ela mesma.

14. “Um lugar chamado Nothing Hill”

PELO AMOR DE DEUS NETFLIX, NUNCA TIRE O FILME MAIS PERFEITO DO MUNDO DO CATÁLOGO.
Foto: Divulgação

PELO AMOR DE DEUS NETFLIX, NUNCA TIRE O FILME MAIS PERFEITO DO MUNDO DO CATÁLOGO.

Fonte: BuzzFeed

Confira matérias relacionadas:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *