Categorias


Saiba tudo sobre alergias a esmaltes de unha

Dicas de Beleza, Mãos

A dermatologista Daniela Graff preparou 8 dicas para tirar todas as dúvidas sobre a alergia aos esmaltes.
Os esmaltes são utilizados não apenas esteticamente, mas auxiliam no fortalecimento e protege as unhas das agressões diárias. O que poucas pessoas sabem é que os esmaltes de unha são uma causa freqüente de alergia de pele e que o local mais freqüente são as pálpebras superiores que se tornam vermelhas com descamação.

A alergia ao esmalte causa lesões ao redor dos olhos e pescoço, com vermelhidão e coceira, lugares onde levamos as mãos com freqüência. Pode-se dizer que 10% da população possui alergia ao esmalte.  O principal causador de reações alérgicas é o formaldeído e o tolueno presentes na composição dos esmaltes. O tolueno é um solvente (barato) da fórmula tradicional de esmaltes. O formaldeído está presente na resina do esmalte. A função da resina é dar a aderência e a durabilidade ao produto.  Até o momento o formaldeído só está proibido nos Estados Unidos, Canadá e nos países do oeste europeu.

Temos que lembrar que a alergia pode não ser do tolueno ou do formaldeído e sim da mica, que é um pigmento utilizado nos esmaltes cintilantes e perolados.

Quando faço a unha,fico com os olhos inchados, é alergia a esmalte?
Provavelmente, a alergia (dermatite de contato) a esmaltes aparece como placas vermelhas com descamação,nas pálpebras,pescoço e colo e às vezes na palma das mãos.

 Quais são os sintomas da alergia a esmaltes?
Inchaço nos olhos (pálpebras), vermelhidão e coceira no pescoço, rosto e mãos

Usei um esmalte antialérgico e continuei tendo alergia,é normal?
No esmalte antialérgico ou hipoalergênico,o formaldeído e o tolueno são substituídos por outra resina.Você pode ser alérgica a esta nova resina,ou a algum outro componente do esmalte. 

Qual cuidado preciso ter quando for à manicure?
Se for alérgica a esmaltes, se deve usar sempre base e esmaltes hipoalergênicos.

Como posso saber se sou alérgica somente ao tolueno ou também a outras substancias do esmalte?
O diagnóstico é  feito pelo teste de contato feito no alergista. 

Como é realizado o teste?
O teste tem uma bateria de substâncias padronizadas (no Brasil são 35, entre elas temos o formaldeído e as resinas). As substâncias são coladas à pele das costas com adesivo hipoalérgico. Após 48 horas é retirado e é feita a primeira avaliação (observa-se se em algum local ocorreu à reação alérgica e a qual substância esta reação corresponde). A segunda avaliação é após 96 horas. O teste dá positivo, quando aparece vermelhidão e até bolhas no local de determinada substância (isto quer dizer que a pessoa é alérgica a esta substância)

Existe tratamento ou remédio para quem tem alergia a esmaltes?
O tratamento é  o mesmo para qualquer alergia. A pessoa alérgica não pode mais usar esmaltes que não seja hipoalérgico. 

A base incolor aplicada antes do esmalte dá alergia?
Sim,ela tem os mesmos produtos que o esmalte,sendo que a quantidade de resina (tolueno, sulfonamida, formaldeído) é maior, para aumentar a aderência do esmalte.

Confira matérias relacionadas:

Tags: bronzeado bronzeamento celulite compras criança cuidados câncer Dia das Mães Dia dos Namorados dias das mães dicas dicas de beleza doença déficit de atenção envelhecimento ginástica hidroginástica hiperatividade lingerie Moda Mãos namorados Natal Pais e Filhos Pele piscina presentes prevenção queda de cabelo Saúde saúde íntima signos Sophie Kinsella Stephenie Meyer Vacuoterapia água

Categoria Beleza, Mãos