O Liso seguro

Sonho de ter cabelo liso? É possível sim, mas devem-se tomar alguns cuidados.

Curtos, compridos, loiros, morenos, não importa. A brasileira sonho com os cabelos lisos ao máximo. Vantagem para umas, desvantagem para outras.
Aproximadamente 30% das mulheres brasileiras têm cabelos crespos. Mesmo quem tem cabelos cacheados ou levemente ondulados quer o cabelo liso, para poder aposentar a escova.

Em busca de, desfrutar da comodidade de ter fios comportados e com pouco volume, muitas mulheres buscam soluções ditas “definitivas”.

A escova progressiva é a campeã, e desperta muita polêmica por ter componentes prejudiciais saúde. Confira a seguir como cuidar de seus cabelos de maneira segura e eficaz.

Verdades e mentiras

Não existe uma técnica que alise cabelos crespos para sempre, garante o cabeleireiro Ricardo Mônaco, do salão Soho. Especialmente se a raiz for muito crespa, “A aparência fica ruim quando o cabelo cresce”, uma vez que o produto que alisa só pode ser aplicado a um centímetro da raiz, afirma o profissional da área.

De acordo com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), a porcentagem máxima permitida de formol em produtos capilares é de 0,2%. Porcentagem muito baixa para que se obtenha um bom resultado, já que o formol é o princípio ativo responsável pelo alisamento do cabelo.

As diversas técnicas que prometem deixar os fios lisos contêm, em sua maioria, formol na sua composição. Deve-se ficar atento quantidade que ele aparece. Alguns salões utilizam até 40% de formol em processos como o da escova progressiva.

Opinião médica

A Dra. Flávia Martelli, membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia), frisa que o formol exerce piores efeitos colaterais em pessoas que têm sensibilidade a ele. “Porém, em dosagens baixas, ele se torna menos irritante pele”, afirma a médica.

Em maiores porcentagens, ele pode provocar vermelhidão e coceira local ou chegar a apresentar bolhas e uma reação alérgica mais disseminada. “Existe também o risco de irritar as vias aéreas, podendo provocar crises de rinite alérgica ou asma brônquica”, completa a Dra. Flávia.

No entanto, visto todos os problemas que têm acontecido com a escova progressiva, e como também fica difícil avaliar se a concentração que será usada do formol está realmente de acordo com a regulamentação da Anvisa, “Eu tenho desaconselhado minhas pacientes a submeterem-se a este procedimento”, diz a dermatologista.

Tratamentos

Há diversos nomes para os tratamentos, mas a promessa é a mesma: alisar o cabelo. O importante é ter a consciência de que o resultado não é eterno e manter-se atenta escolha do profissional e dos produtos a serem utilizados (se são ou não registrados pela Anvisa).

Há produtos que alisam o cabelo com bastante eficiência. É bom saber que todos estes produtos químicos contém fatores irritantes e alergênicos e, portanto, um teste é essencial antes da primeira aplicação. O hidróxido de sódio (soda caústica) é o mais antigo. As melhores formulações contém agentes que são menos agressivos como o tioglicolato de amônia ou o hidróxido de guanadina.

Todos os produtos que alisam ao cabelo são associados a altas doses de queratina para recompor o fio.

Antes de se submeter ao tratamento, peça para ver a embalagem do produto e verifique a sua composição química. Desconfie de misturas “caseiras” elaboradas pelos cabeleireiros.

As boas marcas oferecem produtos seguros.

Apesar de todos estes alertas se você não resiste ao formal,entenda o que significa cada uma das técnicas mais populares:

Escova definitiva: Chamada inicialmente de escova japonesa, foi criada para tirar o volume dos cabelos de orientais. Geralmente contém formol e garante o melhor resultado em longo prazo.

Escova Progressiva: Dura aproximadamente três meses. O uso de xampu sem sal após o procedimento é essencial para que o resultado seja mais duradouro.

Escova de chocolate e de morango: Pode conter formol em pouca quantidade. São mais uma espécie de hidratação. Ricardo, do Soho, diz que, em muitos casos, o cheiro agradável do chocolate, por exemplo, serve para disfarçar o cheiro do formol, mas eles não usam produtos com formol.

Há várias linhas de tratamentos que garante alisar cabelos sem formol. Procure por linhas de tratamentos da Extense L’Oréal, Wellastrate da Wella, Paul Mitchell e outrasa marcas renomadas. Perca tempo pesquisando, é a sua saúde que está em jogo.

Colaboração: Adriana Cimino

Fonte: www.wmulher.com.br

Posted Under
Sem Categoria