A franja está de volta

As franjas estão sempre na moda e garantem um toque especial ao visual
A franja está de volta ao mundo fashion. Para quem não abre mão de mexer no cumprimento das madeixas, vale a pena apostar nessa tendência. Além de dar mais ousadia, a franja garante um toque especial ao visual e ainda produz um ar de jovialidade para as mulheres.

As franjas dificilmente saem da moda; normalmente elas “dão um tempo” e voltam transformadas, sejam mais curtas, longas, volumosas, ralas, desiguais na diagonal, assimétricas ou desfiadas.

É muito comum serem lançados modelos de franjas pela mídia. Uma personalidade em evidência, como uma atriz, modelo, cantora, pode introduzir uma moda de franja, e ser copiada pelo público feminino. As variações ficam por conta dos profissionais cabeleireiros, que incrementam com repicados, mechas, topetes, e muito glamour.

Um exemplo típico de franja, lançada na TV e que fez muito sucesso, foi o estilo da personagem Bárbara, representada por Giovanna Antonelli na novela global “Da Cor do Pecado.” Ela usou um corte curto desfiado e com franja. Com o modelito, a atriz ganhou um ar rebelde e virou moda entre as brasileiras.

Atualmente, a novela global Belíssima apresenta modelos variados de franjas, nas atrizes Cláudia Raia (Safira), Irene Ravache (Katina), Cláudia Abreu (Vitória), Letícia Birkheuer (Érica), Paola Oliveira (Giovana), Bianca Comparato (Maria João), entre outras.

Isso é prova de que, a presença de celebridades na mídia, cada qual com o seu look diferenciado de franja influencia muito no gosto das telespectadoras.

Escolha a franja que molda a simetria do seu rosto:

Rosto oval
São os rostos de maior aceitação de franjas, os diversos estilos se enquadram muito bem.

Rosto quadrado
A opção de franja é mais longa, encorpada e cruzando o rosto em diagonal, para que suavize o contorno da face.

Rosto redondo
É possível o uso de uma franja que levante um topete ou uma onda, dividida ao lado para que harmonize o formato do rosto.

Rosto retangular e comprido
É recomendável disfarçar a testa com franjas em diagonal, no máximo na altura dos olhos. Evite dar volume aos fios da franja, ou seja, opte por um modelo menos encorpado e desfiado, para amenizar o comprimento do rosto.

Rosto triangular (parte superior da cabeça mais larga que a inferior)
Abuse das franjas ralinhas e desfiadas.

Compreenda melhor a técnica do corte das franjas

Desfiadas: são aquelas que recebem leveza apenas nas extremidades, dando no acabamento um ar descontraído, ideal para cabelos lisos e pesados.

Diagonais: é escolhido um lado para sua projeção partindo de um ponto, que pode ser a partir do meio das sobrancelhas, causando uma assimetria bastante interessante. Podem ser usadas inclusive em cabelos com ondulação.

Curtas: são franjas cortadas de forma mais compacta. Indicadas para rostos com traços e formatos mais marcantes, criando assim um look mais forte. É importante observar a textura do cabelo, pois ele deve ser bem liso.

Longas: são franjas usadas geralmente em cabelos compridos para que não se crie nenhuma secção de divisão entre a franja e o restante do corte, podendo criar um resultado mais harmonioso. Pode ser usada nos mais variados tipos de cabelos.

Repicadas: essas franjas geralmente são usadas em cabelos que se esperam que a projeção seja para trás. Um pouco em desuso, são escolhidas por algumas pessoas com perfis mais clássicos.

Fonte: http://www.uraonline.com.br/beleza/bel-2006/franja.html

Confira matérias relacionadas: